Arquivos do Blog

The Voice Brasil e a cultura da negação do mérito

A virtude reside no saber posicionar-se, no fazer sua opinião valer, em reconhecer que é melhor em cada coisa independentemente do que possam outros dizerem. Atitudes como as dos quatro técnicos do The Voice Brasil só colaboram para enraizar essa primazia por igualitarismos injustifcados tão propagados e vociferados nas mais distintas esferas; só colaboram para esse posicionamento paternalista dos que não querem assumir responsabilidades tão disseminado nas distintas esferas. Beira o engraçado que um reality show musical possa levar a uma reflexão sobre princípios, mas é exatamente disso que se trata… Reconhecer méritos é importante para todos, para que cresçamos nas derrotas e para nos sentirmos incentivados a melhorarmos cada vez mais nas vitórias.”

Leia o texto completo em: The Voice Brasil e a cultura da negação do mérito.

Um pouco mais sobre…

Lembram quando falei sobre novidades no blog? Bem, essa é a primeira! 🙂

Sempre quis ter uma sessão de entrevista no blog.  Acho isso nos aproxima, faz-nos identificar com outras, permite uma troca interessante. A questão é: com tantos blogs com essa tag, como fazer algo diferente e interessante?

E nisso levei alguns meses até que encontrei uma forma bem eu, bem “Simplesmente Feminina” de fazer a coisa (e, digamos, algo nerd)… “Um pouco mais sobre…” será um lugar onde a convidada mostrará a nós um pouco de sua influência cultural, nos campos musical e literário, além claaaro da influência girlpower… Todo dia 20, começando hoje, teremos uma convidada respondendo minhas questões aqui!

E para começar, trago para vocês uma blogueira que leio praticamente desde o primeiro post e que também lê o “Simplesmente Feminina” desde seu começo (um pouco depois, mas tudo bem. =] ): a fofíssima e super antenada modelo gaúcha Mariana Bier, do Regata Branca.

 

 

 

Cinco músicas que não saem do seu iPod:

A princípio esse tópico falaria de CDs, maaas, como a própria Mari fez-me perceber (thanks, Mari!), a maioria das pessoas não padece desse delicioso vício como eu padeço, então pensar em músicas é beeem mais adequado que em todo um álbum… Vamos a resposta da Mari!

“Desde que conheci o iTunes, não compro mais CDs! Acho mais prático e vantajoso escolher uma ou duas músicas de cada álbum que goste e passar o cartão de crédito. Amo ter, ir até a loja e ficar horasss olhando livros, mas por algum motivo, não tenho esse “encanto” com CDs!”

E as cinco músicas que a Mari não dispensa são (segundo a própria, ela enjoa muuuito fácil, então, não estará amando nenhuma destas daqui um mês):

  • With a Little Help of My Friends (Across the Universe Version) – The Beatles
  • Resposta – Skank
  • Cruisin’ – Gwyneth Paltrow (versão do filme)
  • You Can’t Always Get What You Want – Rolling Stones
  • Por Você – Barão Vermelho

 

Uma frase de música:

“All you need is love”.

“Frase que dá nome a música dos Beatles. Sei que é totalmente clichê, mas foi a primeira que veio na cabeça e então resolvi seguir este primeiro pensamento. Em um mundo cheia de coisas ruins, o que será que um pouquinho de amor poderia mudar? “

Livros indispensáveis!

01. “Doidas & Santas” , Martha Medeiros.

“Adoro crônicas e amo mais ainda quando elas são direcionadas totalmente para mulheres e escritas por uma das minhas autoras preferidas!” –  R$31.00 na Livraria Saraiva.

02. Laowai”,  Sonia Bridi.

“Passei uma temporada na China e no início tive uma certa estranheza em relação ao país. Uma amiga, me indicou o livro da Sonia, que as histórias dos anos em que ela e a sua família foram morar em Pequim para serem os primeiros correspondentes da América do Sul a terem uma base jornalística Ásia. Devorei aquelas páginas, compreendi muito daquela cultura tão rica e diferente da nossa, além de passar por várias situações que a família viveu. Para completar, o livro é recheado de fotos do cinegrafista (e marido da Sonia), Paulo Zero.” – R$ 31.90 na Livraria Saraiva.

03. Guia dos Curiosos”, Marcelo Duarte.

“Não importa qual dos Guias, amo todos! É daqueles tipos de livro que não gosto de ler do início ao fim, e sim, dar uma consultada ou simplesmente folhear sem parar… Sempre descubro algo novo!” – Quase todos os volumes por R$49.90 cada na Livraria Saraiva.

04. O Banqueiro dos Pobres”, Muhammad Yunus

O livro vai muito mais além do que qualquer título sobre Economia… Conta a história de como o autor, criou e desenvolveu o micro crédito na Índia e de como tão pouco dinheiro pode mudar o destino de uma mulher, família ou até de uma aldeia inteira. A dimensão do banco criado pelo autor foi tão grande que ele ganhou o Nobel da Paz em 2006.” – R$41.90 na Livraria Saraiva.

05. Qualquer um da Maryan Keyes

“Adoro qualquer título dela! Sempre tem uma história leve, engraçada e atual e é ótimo de ler em na barulheira e correria de backstages! São os livros mais “entreterimento” do mundo!” – Quase todos por R$ 59.00 cada na Livraria Saraiva, R$12.99 edições de bolso nas Lojas Americanas.

 

Personagens femininas que inspiram!

Aqui valem personagens ficcionais, históricos etc. O importante é que sejam mulheres e notáveis!

01. Cleópatra

“Líder e inteligente, governou e sem perder suas características femininas. Foi mãe e rainha… Uma mulher completa!”

 02. Mulan.

“Sim, aquela do desenho da Disney. Não sei explicar o por que, mas desde que vi a animação simplesmente adoro a personagem!”

03. J. K. Rowling

“Ela não é exatamente de um livro, mas escreveu alguns, vale? haha Uma vez li que o ex marido da autora, mandou ela procurar emprego de verdade e parar de inventar histórias… Ela pediu o divórcio e se tornou uma das mulheres mais ricas do mundo!”

04. Anita Garibaldi

“Personagem (real) da história gaúcha, lutou ao lado do seu marido pela independência do Rio Grande do Sul. Corajosa, mãe e uma mulher a avant garde.”

05. Gisele Bundchen

“Não chega ser minha heroína, mas gosto da imagem e das idéias que ela transmite. Uma mulher que é top mãe, top esposa, top model, top defensora da natureza… Acho muito legal o fato dela usar sua fama para fazer algo bom para o mundo! Angelina Jolie se encaixaria nesse perfil, mas optei pela Gi por ser brasileira (e gaúcha!). haha”

Bem, eu não precisaria dizer que me diverti muuito fazendo a entrevista e que adorei as respostas, mas gosto de ratificar as coisas e realmente espero que também tenham gostado do resultado (principalmente você, Mari!)

Muuito obrigada, Mari! Quem sabe você que está lendo possa ser a próxima convidada?

xoxo

Sharon Corr – Dream of You [2010]

Cinco anos após o lançamento do último disco de estúdio do The Corrs, Home e passados três anos do primeiro álbum solo da vocalista do quarteto (Andrea Corr – Ten Feet High), foi lançado recentemente o álbum de estréia de Sharon Corr, a mais velha entre as três irmãs Corrs.

Sharon Corr - Dream of You

Sharon Corr - Dream of You

 

Mais que sua irmã, Sharon canta músicas de um estilo próximo ao característico da banda, da qual era violinista e backing vocal. Nas 12 faixas do álbum são nítidas as influências da musicalidade típica irlandesa e é marcante a presença de seu violino. Sua voz, pouco explorada nos saudosos tempos do The Corrs, soa doce e agradável, lembrando muitas vezes a voz de sua irmã Andréa.

O disco conta com 3 faixas instrumentais e 9 lindas baladas românticas, entre as quais eu destaco “Everybody’s Got to Learn Sometime”, “It’s Not a Dream”, “So Long Ago” e “Love Me Better”, havendo duas participações especiais: o guitarrista Jeff Beck, na lindíssima instrumental “Mna Na Heireann” e  o músico espanhol Álex Ubago em “Buenos Aires”.

 

Tracklists

01. Our Wedding [instrumental]

02. Everybody’s Got to Learn Sometime

03. It’s Not a Dream

04. Mná Na Héireann [feat. Jeff Beck] [instrumental]

05. Buenos Aires [feat. Alex Ubago]

06. So Long Ago

07. Smalltown Boy

08. Cooley’s Reel [instrumental]

09. Butterflies

10. Dream of You

11. Real World

12. Love Me Better

Vídeo de “Everybody’s Got to Learn Sometime”

Áudio de “So Long Ago”

Bom, nem preciso dizer que algumas dessas músicas já inspiram meus escritos literários… Para quem gosta de músicas românticas, fica a dica… Vale muuito à pena escutar Sharon Corr!

XOXO

Thaís

Panis et Circencis

Madrugada de sábado. Eu deveria estar no melhor (ou pior) dos sonhos, entretanto estava acordada. Vontade própria? Não, sou do tipo que se deita às 23:00 (no máximo) e acorda às 6:00. O que seria então?

Em ano eleitoral, nada mais típico que comícios… Diga-se, malditos, infernais comícios… Começam às 22:00 e que horas terminam? Bem,às 8:00 da manhã… Isso com música… Música muuuito alta e do pior tipo possível (entenda-se pagode e funk). Isso mesmo… A máxima deploração de minha sacrossanta noite de sono…

Pergunto-me: Qual a utilidade de tais eventos? Comprar votos do modo mais estúpido possível? Não deixar que cidadaos dignos como eu tenham uma noite tranquila e saudável de sono? Independente da motivação, parece-me um tanto quanto aviltante este tipo de evento; mais que isso, desnecessário. Votos devem ser conquistados por boas propostas, por uma biografia limpa e etica e tambem por um bom nível intelectual dos candidatos, não pela quantidade de cerveja e churrasco de sebo e musica que oferecem. Estou farta de não conseguir dormir nas madrugadas de sábado para domingo, pior, agora também de sexta para sábado e domingo para segunda, já que quanto mais outubro se aproxima, maior o desespero de nossos, em geral patéticos, candidatos. EU QUERO DORMIR EM PAZ E SILENCIO!!!!!

E vocês, diletos leitores, passam por isso onde moram? São obrigados a suportar tamanho sacrilégio?

De todo jeito, que mais podemos esperar de um povo, como o brasileiro, que não apoiar badernas ou o bom e velho panis et circensis? Dignidade decerto que não, infelizmente…

PS: Acentos e cedilhas estao faltando porque o teclado do PC da faculdade que estou usando esta cconfigurado de modo errado… Conserto esse sabado…

Atualizando: Acho que consegui consertar todos… Com exceção dos no PS

#foradilma

Daddy, I love you! Daddy, I need you!

Pode soar um tanto quanto piegas, mas eu não podia deixar de fazer minha menção ao dia dos pais…

Ok, todos são iguais, assim como as mães, só muda o endereço…

Têm zilhões de defeitos como ignorar leis da física (querem ocupar o mesmo lugar que outro corpo ao mesmo tempo), gostar muito de futebol (se flamenguista, só piora), serem chatos às vezes ( e quem não o é em algum momento), deixar você falando sozinho (típico de homens) e ainda assim, não há como não adorá-los…


Os pais também tem qualidades… Protegem, defendem, brigam por você; escutam músicas internacionais antigas que são muito melhores que as atuais (o famoso “gosto de pai”); ajudam você a alcançar seus sonhos (ao menos o meu); esforçam-se para faze-lo feliz, preocupam-se e te amam…

Claro que não poderia de falar sobre as contradições, inevitáveis para qualquer ser como: eu organizada, meu pai bagunceiro; eu conservadora, meu pai “largadão”; eu calma, meu pai estressado; eu estressada, meu pai calmo…

Enfim, amo meu pai e acredito que, apesar dos pequenos problemas de cada dia, a maioria de nós tem bons motivos para amar nossos pais…

Ser pai é dar exemplo, é ser herói, é ensinar, é aprender, é amar.

Feliz dia dos Pais!

Top 5:  Músicas sobre “Pai”

Ainda que algumas destas não exaltem a figura paterna, fazem menção a ela e denotam o quão importante um pai pode ser em nossa vida. PS: Alguns não são os vídeos originais, mas as músicas estão com tradução (exceto a última, a qual deixo a tradução ao fim do post). A última, é a minha homenagem ao meu e a outros pais…

05. Kelly Clarkson – Because of You


04. Christina Aguilera – Hurt


03. Simple Plan – Perfect


02. Fábio Jr. – Pai


01. Laura Pausini – Viaggio Con Te (Viajo com você)

Nos acordava com um beijo e depois
Ia pra cama enquanto nós
Corríamos à escola que
que você dizia que ensinava a viver
Mas a vida ensinou  a você
A cada dia um pouco mais
Com seus olhos apaixonados
De duas filhas loucas como nós
O que eu não daria
Para que o tempo nunca lhe envelhecesse

Aprendi a cantar junto com você
Nas tardes de verão nos cafés
Aprendi a ter coragem
E dividi a estrada (o caminho) e a alegria
A sua força e a sua melancolia
Em casa instante, cada miragem

Pelas festas você não estava mais
mamãe abria os pacotes junto a nós
O trabalho te levava embora
A sua solidão era minha
O que eu não faria
Para te devolver o tempo perdido

Aprendi a amar como você
A vida está clareando tudo para mim
Aprendi a ter coragem
E entendi a tímida loucura
Do seu ser único porque
Você é a meta da minha viagem
Para mim
É assim sempre demais
Pareço com você nos teus sorrisos
E nas lágrimas
Aprendi a sua coragem
E aprendi a amar e acreditar
Na vida clareando tudo para mim
E eu dividi esta viagem com você
Eu com você
Aprendi a minha coragem
Me acordo de novo nesta casa
Penso em quando você ia embora
E agora também o que eu não faria
Para te devolver o tempo perdido
#teamopai

Top 10: Asco (Parte II)

Há coisas no mundo que só de ver ou ouvir falar enjoam. Sim, isso é sério. Obviamente é uma questão de julgamento pessoal e não tenho por intenção ofender a qualquer de meus leitores (peço que me desculpem se por acaso o fizer). Segue uma lista com dez das coisas que mais me enojam no mundo no presente momento (entre assuntos sérios e irrelevantes).

05. Pré-adolescentes fãs de Lady Gaga

Eu gosto de ouvir Lady Gaga, mas eu tenho consciência de que algumas de suas letras são fortes demais, falam demais e não me importo com isso. Agora, o que uma criança de 12 anos entende do que diz Lady Gaga? A maioria mal sabe inglês a essa idade… Lady Gaga é um conteúdo muito sexual para uma criança de 12 anos! Depois há pais que condenem as filhas só porque elas tem a sensualidade aflorada demais para a idade… Aos 12 eu ainda brincava com minhas Barbies. Achei totalmente nojento, quando, há duas semanas, uma menina de 12 anos disse no “Acesso MTV” que adorava a Lady Gaga, que é super fã dela… Família, olhai por suas crianças…

04. Justin Bieber:

O que é de fato esse ser? Uma moita sobre a cabeça (que franja nojenta), meio metro de altura, um boné meio torno, uma dancinha, pose de raper profissional, trotes patéticos, 16 anos (eu acho), nenhum pelo no rosto, voz de menina e milhões de fã totalmente tresloucadas. Isso é Justin Bieber. E o pior são as fãs, que se rasgam, se matam por aquilo. E ele cantando “Baby”… Troco de canal de imediato, não dá para suportar…

03. Happy Rock

Não sou homofóbica, mas homem com calças mega apertadas e em tons berrantes como rosa shock e laranja néon é muito nojento. Pior, é ridículo. Ainda mais grave, há garotas que se rasgam, matam-se por isso. Estou falando de bandas como Cine e Restart, que além de terem um estilo completamente duvidoso, não têm qualquer competência musical, seja vocal ou para a composição., o que considero muuuito pior (até porque estilo é algo um tanto quanto pessoal). Como adoraria bani-los da programação…

02. Shiloh, a filha de Angelina Jolie e Brad Pitt:

Tudo bem que a Angelina Jolie seja bissexual, não tenho qualquer preconceito. O que questiono é: como pais podem permitir que uma filha de quatro anos vista-se, aja e tenha cabelo de menino? Como podem pais insuflar uma fantasia potencialmente perigosa? Meninos são meninos e meninas são meninas; as diferenças não devem ser ignoradas. Está na hora de consultar a um Psiquiatra, Psicólogo ou qualquer coisa do tipo…

01. Candidatura de Dilma Roussef

Aproveitar-se de inauguração de hospital para campanha. Aproveitar-se da presença de Berlusconi para fazer campanha. Aproveitar-se de o Brasil ser sede da Copa em 2014 e das Olimpíadas em 2016 para fazer campanha. Aproveitar-se da Petrobrás para fazer campanha. Só uma palavra define essa infeliz: MEDIOCRE! O que faz é mais ilegal e imoral que qualquer propaganda eleitoral típica. E pior: o povo acredita e parece decidido a votar em alguém que nunca ocupou um cargo executivo eleito por voto direto, foi terrorista e levou uns dez anos para se formar em Economia (quanta desonra à minha classe…) Pior ainda: Ela acha que é mulher… Só rindo… Ou chorando… Vai depender do que acontecer… Por hora, devemos é impugnar a candidatura totalmente ilegal e imoral da Dilma-luca-. #foradilma.