Em Defesa de um Cabelo – Parte I

Indo direto ao cerne da questão: o que um novelista pretende, dadas as tendências sensacionalistas das telenovelas brasileiras (aka globais), ao convidar uma jovem de longos e divinos cabelos naturalmente ruivos para dar vida a uma personagem que terá câncer? Estarrecer é a única palavra que me vem à mente.

Há algumas semanas, um dos debates mais fervorosos da mídia era se a atriz Marina Ruy Barbosa, de 18 anos, iria ou não se desfazer de seu lindo cabelo em nome de sua personagem em “Amor à Vida”. Eu, que adorava a novela até o capítulo 10, ainda traumatizada com a cena dantesca de “Laços de Família”, parei de assistir. Não tenho estômago para essas palhaçadas. E explico porque chamo de palhaçada: Na vida real, quantas são as mulheres com câncer que se expõe sem cabelo com cabeça descoberta? A maioria das que não fica tão debilitada provavelmente usará perucas ou lenços, a depender de possibilidades e preferências. Logo, o mais realista seria se fizessem o mesmo que foi feito em “Ti Ti Ti” (2010) com a personagem da atriz Giulia Gam. Em tratamento contra câncer de mama, passou parte da novela aparecendo de lenço.

Felizmente, o autor, supostamente devido aos apelos do público, desistiu da ideia. Ainda assim, são muitas as perguntas que passeiam por essa minha mente inquieta. Por que nunca o personagem com câncer é do estereótipo homem-gordo-meia-idade-meio-calvo? Por que essa necessidade de SEMPRE apelar para jovens do sexo feminino nesses papéis (lembremos que na vida real feios  bonitos são acometidos por doenças)? Por que sempe querer mostrar o corte de cabelo? O que faz com que isso seja medida de competência desta ou daquela atriz?

Enfim, tenho muuito a escrever a fim de demonstrar minhas ideias quanto a tudo isso, de modo que aqui se inicia uma série de posts. Nesta, continuarei a argumetar, SEMPRE, em defesados cabelos…

xoxo

Thaís Gualberto

PS: Não deixem de comentar minhas unhas no “Totalmente Exagerada” da minha querida Simone!

Sobre Thaís Gualberto

Economista & Escritora // Economist & Writer

Publicado em 23 de julho de 2013, em Comportamento, To think About e marcado como , , , . Adicione o link aos favoritos. 3 Comentários.

  1. No sábado (13), houve gravações em estúdio, mas, a cena da raspagem do cabelo não foi realizada. A hesitação da atriz em perder os cabelos em favor da trama movimentou os bastidores da novela nos últimos dias. Finalmente, chegou à direção da emissora. Ficou decidido que ela não raspará a cabeleira, mas os rumos previstos para Nicole tiveram que ser alterados.

  2. Concordo com vc, Thaís!!!
    Acho totalmente desnecessária essa postura desses autores.
    Pelo que li, nos sites de fofoca, ela desistiu de raspar a cabeça. O autor não gostou e, como “castigo”, a personagem que ela interpreta vai morrer logo.
    Absurdo!
    Beijos e adoro receber suas unhas pra postar no blog.
    Bom final de semana!

  3. Concordo com você, porque sempre as mulheres que tem câncer? Homem não tem ? E porque logo ela? Ela é linda demais, o cabelo é maravilhoso.. Seria uma pena se fizessem isso com ela.
    Beijos

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: