Emily Giffin – “Questões do Coração”

Projeto 12!

Nestas férias, em particular, li bem menos do que gostaria e estou acostumada. Isso porque dediquei-me a reler o primeiro e o segundo volumes da série que escrevo. Logo na primeira semana de meu merecido descanso, lá estava eu lendo o livro que pelo título conquistou-me, o best-seller norte-americano “Questões do Coração”.

Sobre o livro:

 

Título Original: Heart of the Matter

Editora no Brasil: Editora Novo Conceito

Ano de publicação: 2011

Preço: R$ 19.90 na Livraria Saraiva

A história, que a princípio poderia soar demasiado corriqueira, mostra-se original devido ao inusitado recurso ao qual apela à escritora: narrar sob ponto de vistas alternados das protagonistas. Tessa Russo é narradora personagem de sua história, sendo mãe de um casal e esposa de um renomado cirurgião pediátrico (Nick Russo), abandonou sua carreira para se concentrar em sua família, na busca pela felicidade doméstica. Já Valerie Anderson conta com um narrador observador onisciente (que não é Tessa) para contar a parte que lhe cabe: é advogada e mãe solteira de um garotinho de seis anos (o encantador Charlie) que não conheceu o pai. Querendo evitar decepções, Valerie desistiu do amor e até mesmo das amizades, acreditando que é sempre mais seguro não criar expectativas. Moradoras da mesma área de Boston, elas têm pouco em comum além do incondicional amor por seus filhos. Ao menos até a noite em que um trágico acidente faz suas vidas se cruzarem.

Ponto Forte:

Como outros tantos que aqui apresentei, “Questões do Coração” é, acima de tudo, um livro sobre a família, sobre o quão importante esta é e em todas as dimensões disso. É uma história sobre amor, frustrações, perdão que cativa a todos que valorizam a verossimilhança e os sentimentos sinceros. Destaco ainda o fato de a narrativa dar-se sob ponto de vista alternados e a riqueza de detalhes na descrição dos sentimentos.

Ponto Fraco:

Várias vezes a tradução é lamentável sendo a mais chocante no trecho em que o irmão gêmeo gay de Valerie, Jason, apelida o Dr. Russo de Dr. “Bofe Escândalo”, termo este difundido no Brasil pelos personagens da novela “Caras e Bocas”, de Walcyr Carrasco.  Outra coisa que me desagradou foi a falta de descrições das protagonistas ao longo da história. Sou totalmente descricionista e para mim acaba sendo uma heresia não descrever personagens femininas detalhadamente. Fiquei um pouco mais satisfeita quando cheguei ao antepenúltimo capítulo e elas foram descritas, o que me indicou que a ausência de caracterização foi um efeito conscientemente escolhido pela autora.

Nota:

9.3

Já leram? Ficaram com vontade?

xoxo

@thais_gualberto

Sobre Thaís Gualberto

Economista & Escritora // Economist & Writer

Publicado em 31 de julho de 2011, em Projeto 12 e marcado como , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: