TOP 11 – Latin!

Já faz um boom tempo sou muito ligada à cultura latina. Não por ser neta de espanhóis, mas sim por amor ao México, meu favorito entre os países hispanohablantes. E bem, com issosou autodidata de Espanhol e como pretendo fazer o DELE (Diploma de Español como Lengua Extranjera), aqui estou eu, outra vez rendida ao meu incurável vício, que é assistir novelas mexicanas (adoro, podem rir) e também às músicas em espanhol, as quais transmitem tanto sentimento e paixão… Por isso, hoje lhes trago aqui um top com as minhas 11 músicas favoritas em espanhol no momento… Ah, não estão por ordem de preferência!

!Ojalá les guste a ustedes!

Luis Miguel – Por Debajo de la Mesa

Talvez essa seja a mais surpreendente das músicas que cito, pois é a mais ‘tipicamente’ latina, assim digamos. Na verdade gosto muito de muitas músicas que são beem mais tipicamente latinas, mas elas não estão entre as minhas favoritas e que mais me inspiram, então, infelizmente, não as mostro aqui. Gosto especialmente desta por ser intensamente romântica e inegavelmente inspiradora para grandes momentos de intenso e verdadeiro amor. Destaque para o trecho Y es que no sabe lo que tú me haces sentir…

(in Romance, faixa 03, 1997)

 

 

 

Celine Dion – Amar Haciendo el Amor

Surpreendente também é citar a canadense Celine Dion nesse top. Uma música perfeita para a proposta das aulas de Português e Redação do começo do meu 2º ano do Ensino Médio, cujo tema central era ‘Erotismo não é vulgar, tampouco pornografia’. Essa música é uma prova disso. Metafórica, intensa e passional sem perder a compostura. Isso sem falar na maravilhosa voz de Celine, que canta muitíssimo bem em espanhol.

(in Let’s Talk About Love, faixa 07,1997)

 

 

Dulce María – Irremediablemente

Imagino que serei duramente criticada por esta citação, mas sim, sou fã de Dulce María, de RBD e como, confessa fã de novelas mexicanas, sou fã da primeira temporada de Rebelde. E Dulce María é uma excelente compositora! Comecei a conhecer as letras dela quando ainda existia o RBD e algumas das composições dela foram gravadas pelo grupo. Surpreendeu-me gratamente que eram as melhores faixas e não me assustou que tenha sido ela a que gravou o melhor álbum solo entre seus ex-companheiros de banda e novela. Amo muuitas das músicas do Extranjera, mas destaco esta por ter-me conquistado imediatamente.

(in Extranjera – Segunda Parte, faixa 02, 2011)

 

Jennifer Lopez – Como Ama Uma Mujer

Faixa título do único álbum inteiramente em espanhol de Jennifer Lopez, Como Ama Uma Mujer é uma das canções mais intensas que conheço. Seis minutos de fortes sentimentos e o essencial toque dramático também tão presente no visceral emocional latino. Até me deprime um pouco que, como tantas outras, J.Lo venha-se focando no vendável Dance/R&B, pois eu adoraria um novo disco em espanhol e emocional como esse. Melhor parte da música? Y he amado como ama una mujer, que ve en su hombre el paraíso. Si me entregué lo hice total y si fallé volví a empezar…

(in Como Ama Uma Mujer, faixa 03, 2007)

 

Maná – Labios Compartidos

Grupo mexicano conhecido por algo do tipo ‘latin rock’, Maná tem lindas letras e ritmos cativantes. Quem não se lembra de “Vivir sin Aire”, tema da novela “Mulheres Apaixonadas”? Não me lembro se essa que trago foi tema de alguma novela brasileira, mas sem dúvidas é maravilhosa. Ritmo complexo, cantada com intensidade, letra original apesar de falar do tão abordado amor. Te amo con toda mi fé sin medida, te amo aunque estés compartida…

(in Amar es Combatir, faixa 02, 2006)

 

RBD – Qué Hay Detrás

Se eu não citasse RBD, eu não seria eu, ainda que eu não seja uma fã fanática. Lembro-me perfeitamente da primeira vez que escutei a música, em março de 2006, presente no segundo álbum da banda, gravado ainda durante a novela e em 2005. Imediatamente tornou-se a minha favorita deles e por um simples motivo: encaixava-se perfeitamente ao primeiro volume da série que escrevo, apesar de meu livro não ser centrado em adolescentes. Foi uma das canções que mais escutei para escrever e por isso sempre terá um significado mais que especial para mim. O trecho específico? Puedo ver, desde aqui, mis recuerdos persiguiéndote. Puedo ver el perfil de mi sombra sobre la pared…[…] En medio de la soledad, sigo pensando en ti…

(in Nuestro Amor, faixa 10, 2005)

 

Shakira – Tú

Não cito a óbvia “Estoy Aquí”, mas sim outras das canções que me inspirou durante a primeira redação do volume I. “Tu” conquistou-me pela intensidade, pelos sentidos e significados. Uma verdadeira canção de amor que me toca profundamente cada vez que a escuto. Uma boa lembrança do tempo em Shakira assumia-se como latina em vez de adotar a atual imagem rebolativa e vendável que canta R&B e reggaeton. Porque eres tu mi sol, la fé com que vivo, la potencia de mi voz, los pies con que camino…

(in Greatest Hits, faixa 13, 2003)

 

Thalía – Olvídame

Foi muito difícil escolher apenas uma entre as músicas já gravadas por Thalía. Ainda que eu a abomine como atriz (não existe novela mexicana pior que María la del Barrio – simplesmente odeeeeeio), como cantora considero-a excelente. Desviou-se por pouco tempo da música latina e a ela retornou em seus últimos três álbuns. Escolhi essa por ter-me também servido como inspiração para o meu ‘OTP’, como diria minha amiga Vanessa, e por ter a tão falada por mim intensidade latina. Y no busques donde nada encontrarás y se escuchas voces solo son los ecos de tu soledad…

(in El Sexto Sentido, faixa 06, 2006)

 

Christina Aguilera – El Beso del Final

Do único álbum em espanhol gravado por Christina Aguilera, fico com esta por seu inegável e apaixonante ritmo latino, pela profundidade da letra, pela intensidade com a qual é cantada, passando de modo veemente toda a dor contida nas palavras que a compõem. Como as últimas, também me foi inspiradora, porém não para o casal protagonista. Aliás, adoraria que Christina voltasse a gravar em espanhol… *.* Yo te conozco y sé que algo no anda bien. Ven, díme la verdad… No quiero imaginar que fue el beso del final…

(in Mi Reflejo, faixa 03, 2000)

 

Ricky Martin – Tal Vez

Também foi muuuito difícil escolher apenas uma entre as belas músicas já gravadas pelo cantor porto-riquenho. Lembro-me de quando o clipe da canção estreou na MTV e no primeiro verso apaixonei-me. Uma típica canção em que o eu-lírico mostra-se arrependido por seus erros e desesperadamente clama por recuperar seu grande amor. Soa piegas, mas adoro e isso me inspira. Y yo por mi parte propongo intentarlo de nuevo, volver a empezar. Que por más que lo pienso no encuentro una sola razón para seguir sin tí…

(in Almas del Silencio, faixa 02, 2003)

 

Laura Pausini – Víveme

Conhecida no Brasil por suas canções em italiano (que eu adoro!), Laura Pausini é famosa entre os hispanoamericanos cantando em espanhol. Tanto é assim que a música que aqui menciono foi, em 2005, tema de uma das mais belas novelas mexicanas, a latinamente intensa “La Madrastra”. Foram 125 capítulos com uma das mais viscerais canções de amor que conheço embalando o belíssimo e maduro casal protagonista da trama. E mesmo que nao goste de novelas mexicanas, escute a música e atente na letra, pois é uma veemente declaração de amor, com a qual ainda me emociono cada vez que escuto si, entre mi realidad, hoy yo tengo algo más que jamás tuve ayer; necesistas vivirme un poco más… Víveme sin miedo ahora, que sea uma vida o sea una hora… Para quem prefere Laura em italiano, procure por “Vivimi”.

(in Escucha, faixa 02, 2004)

 

Alejandro Sanz – Desde Cuándo

Tema de Gabi e Pedro em Ti-ti-ti 2010, não descansei enquanto não tive essa música. Amor, intensidade (sei que já estão fartos da palavra, eu também), verdade. A primeira vez em que a escutei inteira chorei; se escutá-la atentamente, sei que tornarei a chorar. Muito, muito bonita; tocante, profunda e sem ser de dor de cotovelo… Te he buscado en un millón de auroras y ninguna me enamora como tu sabes y me he dado cuenta ahora…

(in Paraíso Express, faixa 02, 2009)

 

O que acharam? Conheciam-nas? Gostaram? Não deixem de comentar!

xoxo

@thais_gualberto

Sobre Thaís Gualberto

Economista & Escritora // Economist & Writer

Publicado em 17 de julho de 2011, em Inspirations..., Música, Part of My Life e marcado como , , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 5 Comentários.

  1. Adoro a Dulce e já fui bastante viciada em Rebelde. Acho que a voz dela é inconfundível.. ela canta muito bem!
    Beeeijos

    http://2charming.com.br

  2. Adorei RBD, Mana, Jennifer Lopez, Thalia e Celine Dion. Não conhecia estas musicas e confesso que ja as partilhei no facebook. Quanto as outras não são o meu genero. Beijinhos!!

  3. Também ja fui viciada em rebelde rs bjos mari

  4. Achei seu blog por acaso! Eu simplesmenteeeee amo a musica da Christina Aguilera ” El beso del final”,acho intensa,me lembra uma de uma historia de amor que vivi em 2002 que acabou por causa de um beijo,e foi o beijo do final.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: