Estupidez tem limite!

… E digo estupidez pois sou demasiado educada para falar (escrever) a palavra que descreve a questão com perfeição (b*b****ce).

Sei que talvez alguns dos leitores já tenha feito o que estou por descrever aqui e sobretudo por isso quero deixar claro que não tenho nada contra quem faz isso, contudo o que vejo agora (em minha classe da faculdade, 2º período de Economia) é realmente patético e condenável devido as demais atitudes das pessoas envolvidas. Portanto, caso se sintam ofendidos, por favor, digam-me.

Indo ao assunto, já mencionei por aqui que estudo com algumas (duas) pessoas que REALMENTE se acham. Sim, acham-se muuuuito mais do que o que realmente são e subjugam a capacidade dos demais, só porque são um pouco mais velhos (22 e **) que a maioria e já cursaram uma faculdade anterior (ainda que não tenham concluído o curso). Em minha opinião, são medíocres e inseguros, já que tanto depedem do fracasso alheio para desfrutarem de alguma alegria. Sim, o post é sobre eles…

Hoje teremos um teste de Análise Macroeconômica II, que é considerada uma das matérias mais difíceis do curso. Por isso (embora não justificável), quase todos acham que vão ser reprovados e uma série de outras lendas a respeito do professor e da matéria. Desesperados, alguns (entenda a maioria) buscam por provas e testes antigos, os quais tentam decorar a fim de ir bem nos testes. Como já disse, não tenho NADA contra quem faz isso, entretanto considero isto uma atitude desonesta. Não com quem não teve acessoàs avaliações passadas, mas consigo próprio. Afinal, de que adianta obter a aprovação em uma matéria da qual depende a sua vida profissional apenas por ter memorizado respostas? Você não deveria aprender sobre ela? Quem faz isso, está-se enganando, pois mais importante que ser aprovado é saber a matéria.

Sobre isso, o que tenho notado é que justamente os dois (que se acham os) mais brilhantes da turma são os mais desesperados por obter essas provas. Não parece estranho? Sim, a primeira vista, mas nmão em um segundo momento, quando se percebe o quão inseguros eles de fato são. Hoje ficaram euforíssíssimos porque um indivíduo levou as tais provas. Mais que isso, correram para xerocá-las.

Então eu pergunto: Se são tão bons, por que não fazem a prova sem decorar uma antiga? Parece que eles não são de fato tão bons assim, não? Ah, sobre a pessoa de 22, ela foi mencionada no segundo ou terceiro post desse blog, feito ainda em julho. Foi ela quem recebeu as respostas de um teste diretamente do professor da disciplina… [rs] É, nem sei porque me espanto ainda… Deve ser porque é revoltante ver pessoas que acham tão inteligentes querendo decorar a provinha… [rs]

Eu vou com o que sei e isso é tudo. E se eles fizerem piadas depois sobre meu “orgulho” (eu me preocupo em aprender) digo-lhe o que penso…

Enfim, estou farta da estupidez de alguns (ditos) seres humanos! Será que eles não sabem que isso tem limites?

XOXO
Thaís

Sobre Thaís Gualberto

Economista & Escritora // Economist & Writer

Publicado em 17 de setembro de 2010, em Comportamento. Adicione o link aos favoritos. 7 Comentários.

  1. Concordo com vc!!! Lamentável!!
    Eu fiz jornalismo e estudei com pessoas desse tipo, gente pequena e estúpida!
    Isso, é bem oq vc escreveu, prejudica eles mesmos. Por isso que o mercado de trabalho está cheio de “profissionais” meia-boca! E o pior, esse é que se dão bem! Aff…

    Um beijo e boa sorte! Não dê atenção a esse tipo de gente, não vale a pena!

  2. Síndrome do valentão social, ou da incompetência justificada… Quando alguém utiliza da arrogância e seus supostos sucessos para justificar toda mediocridade e fracassos até certo ponto… Conheço bem esse tipo (ohhhhh… se conheço XD)

    São inseguras, infelizes, que só se sentem melhor quando consegue provar que eles são melhores do que os outros, assim, podendo fugir do seu mundinho de incertezas… Ele acha que tentando parecer melhor que os outros o tornará menos fracassado, e é assim que ele se justificará perante a vida…

    Mas é claro que não me refiro a experiências pessoais, eu, um valentão social? maginaaaa….

  3. Tudo passa… e com certeza, quem vai rir no final é tu e por muito mais tempo… Tu merece!!!😉

    Bjsss

  4. Eu não suporto pessoas que se acham, que são estupidas ou que gostam de humilhar os outros para se sentirem melhores ou superiores. Chego a sentir nojo de gente assim. Realmente, tem gente que não tem limetes e continuam sendo idiotas. bjs

  5. Gente assim tem em tudo quanto é ugar, quando fiz faculdade, tinha aos montes..rss eu me formei com muito orgulho de ser enfermeira e não precisei trapacear para isso… foi só estudar.. afinal os melhores mesmo, são aqules que de fato aprendem e não os que só decoram… quando se aprende, o conhecimento é para sempre, quando se decora não!!!
    beijão
    http://www.sermulhereomaximo.com.br

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: