Daddy, I love you! Daddy, I need you!

Pode soar um tanto quanto piegas, mas eu não podia deixar de fazer minha menção ao dia dos pais…

Ok, todos são iguais, assim como as mães, só muda o endereço…

Têm zilhões de defeitos como ignorar leis da física (querem ocupar o mesmo lugar que outro corpo ao mesmo tempo), gostar muito de futebol (se flamenguista, só piora), serem chatos às vezes ( e quem não o é em algum momento), deixar você falando sozinho (típico de homens) e ainda assim, não há como não adorá-los…


Os pais também tem qualidades… Protegem, defendem, brigam por você; escutam músicas internacionais antigas que são muito melhores que as atuais (o famoso “gosto de pai”); ajudam você a alcançar seus sonhos (ao menos o meu); esforçam-se para faze-lo feliz, preocupam-se e te amam…

Claro que não poderia de falar sobre as contradições, inevitáveis para qualquer ser como: eu organizada, meu pai bagunceiro; eu conservadora, meu pai “largadão”; eu calma, meu pai estressado; eu estressada, meu pai calmo…

Enfim, amo meu pai e acredito que, apesar dos pequenos problemas de cada dia, a maioria de nós tem bons motivos para amar nossos pais…

Ser pai é dar exemplo, é ser herói, é ensinar, é aprender, é amar.

Feliz dia dos Pais!

Top 5:  Músicas sobre “Pai”

Ainda que algumas destas não exaltem a figura paterna, fazem menção a ela e denotam o quão importante um pai pode ser em nossa vida. PS: Alguns não são os vídeos originais, mas as músicas estão com tradução (exceto a última, a qual deixo a tradução ao fim do post). A última, é a minha homenagem ao meu e a outros pais…

05. Kelly Clarkson – Because of You


04. Christina Aguilera – Hurt


03. Simple Plan – Perfect


02. Fábio Jr. – Pai


01. Laura Pausini – Viaggio Con Te (Viajo com você)

Nos acordava com um beijo e depois
Ia pra cama enquanto nós
Corríamos à escola que
que você dizia que ensinava a viver
Mas a vida ensinou  a você
A cada dia um pouco mais
Com seus olhos apaixonados
De duas filhas loucas como nós
O que eu não daria
Para que o tempo nunca lhe envelhecesse

Aprendi a cantar junto com você
Nas tardes de verão nos cafés
Aprendi a ter coragem
E dividi a estrada (o caminho) e a alegria
A sua força e a sua melancolia
Em casa instante, cada miragem

Pelas festas você não estava mais
mamãe abria os pacotes junto a nós
O trabalho te levava embora
A sua solidão era minha
O que eu não faria
Para te devolver o tempo perdido

Aprendi a amar como você
A vida está clareando tudo para mim
Aprendi a ter coragem
E entendi a tímida loucura
Do seu ser único porque
Você é a meta da minha viagem
Para mim
É assim sempre demais
Pareço com você nos teus sorrisos
E nas lágrimas
Aprendi a sua coragem
E aprendi a amar e acreditar
Na vida clareando tudo para mim
E eu dividi esta viagem com você
Eu com você
Aprendi a minha coragem
Me acordo de novo nesta casa
Penso em quando você ia embora
E agora também o que eu não faria
Para te devolver o tempo perdido
#teamopai

Sobre Thaís Gualberto

Economista & Escritora // Economist & Writer

Publicado em 8 de agosto de 2010, em Amor, Comportamento e marcado como , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: